Dúvidas frequentes

 

Quando eu posso começar a utilizar meu plano de saúde?

O plano poderá ser utilizado a partir do dia indicado expressamente conforme previsto no seu contrato.

 

Como acesso meu boleto para pagamento

Seu boleto é digital e é encaminhado todos os meses para seu e-mail e via SMS no celular cadastrado.

Como seu boleto é registrado, a atualização dos encargos por atraso acontece no momento do pagamento. Ou seja, independentemente da data em que você realiza o pagamento, é possível utilizar o mesmo boleto já recebido no seu e-mail.

Atenção: Para garantir o recebimento é importante manter os dados de contato sempre atualizados.

O boleto também pode ser acessado no Portal do Cliente Supermed.

 

Não estou recebendo meus boletos para pagamento. O que devo fazer?

Seu boleto é digital e é encaminhado todos os meses para seu e-mail e via SMS no celular cadastrado, então caso você não esteja o recebendo siga os seguintes passos:

  • Verifique se os e-mails não estão na caixa Spam ou Lixo Eletrônico de seu serviço de e-mail. As vezes mensagens automáticas são encaminhadas para essas pastas por regras do próprio servidor de e-mail.

Caso isso identifique que esse foi o seu caso, não se esqueça de marcar a opção “Não é Spam” ou incluir o domínio supermed.com.br como um remetente confiável.

  • Certifique que os seus dados de contato estão atualizados junto à Supermed.
  • Se necessário, entre em contato conosco em nossos canais de atendimento.

 

Como acesso a carteirinha do meu plano Golden Cross?

Sua carteirinha é digital e é acessada pelo App Golden Clientes disponível nas lojas Google play Apple Store.

Para o primeiro acesso será necessária a realização de cadastro que pode ser feita diretamente no próprio App Golden Clientes ou no site www.goldencross.com.br .

Para realização do cadastro você precisará do número de sua matrícula que será enviado pela Golden Cross em até 24 horas via SMS no celular a partir da ativação deu seu plano.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a Golden Cross por meio de um dos canais abaixo:

Canais de Atendimento – Golden Cross

(informações ou solicitações sobre seu plano, consultas e exames, autorizações, informações sobre rede, carteirinha e reembolso)

Chat

Fale Conosco

WhatsApp Golden Clientes

Portal Golden Cross

 

Quais os serviços disponíveis no App Golden Cross Clientes?

O App Golden Clientes está disponível nas lojas Google play Apple Store.

Nele você acessa entre outros serviços:

  • busca de rede
  • reembolso (quanto aplicável contrato)
  • acompanhamento de autorizações
  • fale conosco

Quer saber mais sobre o App Golden Clientes? Acesse o vídeo.

 

Quais são os canais de atendimento Golden Cross?

Acesse o vídeo e conheça todos os canais Golden Cross dedicados à utilização de serviços assistenciais do seu plano de saúde.

 

Como consulto a rede de prestadores credenciados no meu plano de saúde Golden Cross?

Você pode consultar a rede de prestadores credenciados Golden Cross no App Golden Clientes ou no Portal Golden Cross na internet.

Clique e saiba mais.

 

Como saber se para informação ou solicitação que busco devo buscar a Operadora do meu plano de saúde ou a Supermed?

Operadora do Plano: Você busca a operadora toda vez que a sua dúvida ou solicitação refere-se à utilização do seu plano de saúde, como por exemplo para questões sobre carteirinha, autorização de consultas, exames ou internações, informações sobre prazos de carência ou cobertura, reembolsos, reajuste, etc.

Supermed: Já a Supermed você procura quando o que você busca são serviços relacionados a pagamento, alteração de dados cadastrais, inclusão ou exclusão de dependentes, cancelamento. Nestes casos você deve buscar os canais de atendimento da Administradora.

 

O que faz uma Administradora de benefícios?

Uma administradora de benefícios é uma empresa que assume parte do trabalho que seria da empresa, conselho, sindicato ou associação profissional que contrata o plano de saúde. Por exemplo, a administradora de benefícios tem a responsabilidade de emitir boletos, de representar os beneficiários na negociação de aumentos de mensalidade com a operadora do plano.

Assim como as operadoras, as administradoras de benefício necessitam de registro junto a Agência Nacional de Saúde Suplementar para operarem no mercado.

 

Qual é diferença entre a Operadora de Saúde a Administradora de benefícios?

Operadora de Saúde: É a responsável pelo relacionado ao plano de saúde, tais como manutenção e informação da rede de prestadores, realização de autorizações de procedimentos tais como consultas, exames e internações, entre outros serviços de natureza assistencial.

Administradora de benefícios: É responsável pela realização de serviços administrativos associados à gestão do contrato do plano coletivo por adesão, prestando serviços tais como cadastramento de novos beneficiários, inclusão e exclusão de dependentes, emissão de boletos, além de assessorar as entidades na gestão do contrato para questões de natureza não assistenciais.

 

O que é e como funciona o plano coletivo por adesão?

O plano de saúde coletivo por adesão é uma modalidade de plano coletivo, aquele voltado para associações, sindicatos, cooperativas e demais pessoas jurídicas que reúnam pessoas de uma mesma categoria profissional, classista ou setorial.

A pessoa jurídica contrata o plano de saúde junto à operadora, para assistência à saúde de seus associados e/ou cooperados.

Neste tipo de contrato,  o papel da administradora de benefícios, a exemplo da Supermed é realizar serviços administrativos associados à gestão do contrato do plano, prestando serviços tais como cadastramento de novos beneficiários, inclusão e exclusão de dependentes, emissão de boletos, além de assessorar as entidades na gestão do contrato para questões de natureza não assistenciais.

 

Quando acontece o reajuste no plano coletivo por adesão?

Os planos de saúde podem receber dois tipos de reajustes: faixa etária e o anual.

O reajuste de faixa etária acontece a cada vez que o beneficiário muda de idade, conforme os grupos de faixa etária previstos no contrato. Essa regra é comum a todos os contratos de plano de saúde, independentemente de se tratar de planos coletivos ou individuais.

O reajuste anual de aniversário acontece todos os anos sempre na data assinatura do contrato assinado pela entidade, ou seja, este reajuste aplica-se a todos os beneficiários do grupo exatamente no mesmo período, independentemente de quando tenha acontecido a adesão pelo beneficiário.

 

O que é carência?

A carência é o período que o beneficiário deve aguardar para começar a utilizar os procedimentos previstos nos planos de saúde. Os prazos máximos são estabelecidos pela ANS, porém podem ser reduzidos de forma promocional na ocasião da adesão do beneficiário.

Os prazos aplicados ao seu plano encontram-se dispostos de forma expressa na cópia de sua proposta.

 

O que é cobertura parcial temporária (CPT)?

Cobertura Parcial Temporária (CPT) é um período em que o beneficiário pode ter uma restrição da cobertura de procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia e eventos cirúrgicos relacionados às doenças pré-existentes, ou seja, que o beneficiário já portava antes de ingressar no plano de saúde.

Assim como no caso da carência, a CPT é prevista nas normas que regulam o setor de plano de saúde e possuem o propósito de assegurar a sustentabilidade do setor.

Importante: essa restrição afeta os procedimentos e exames de alta complexidade e eventos cirúrgicos. Os atendimentos relacionados a consultas e procedimentos que não sejam enquadrados como alta complexidade não são afetados por essa restrição, assim como os procedimentos decorrentes de atendimentos caracterizados como de urgência e emergência.

 

Qual a diferença entre carência e cobertura parcial temporária (CPT)?

A operadora de plano de assistência à saúde está obrigada a dar cobertura a todos os procedimentos previstos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, de acordo com a segmentação contratada, desde que cumpridos os prazos de carência. Isso vale para qualquer beneficiário.

Nos casos de cobertura parcial temporária (CPT), o que acontece é uma restrição temporária de cobertura, para os Procedimentos de Alta Complexidade e cirúrgicos relacionados a doenças preexistentes à adesão ao plano de saúde.

Ou seja, a carência se aplica a todos os contratos, entretanto a CPT só ocorre nas hipóteses em que o beneficiário seja portador de uma doença ou lesão adquirida anteriormente à adesão ao plano de saúde.

 

Quem monitora as operadoras e administradoras de benefícios?

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão de regulação, normatização, controle e fiscalização do setor de planos de saúde no Brasil.

É papel da ANS, entre outros:

  • Regular a assistência ao consumidor de planos de saúde (cobertura, rede credenciada, condições contratuais, indicadores de qualidade etc.).
  • Estabelecer regras de sustentabilidade financeira das empresas de planos de saúde e impedimento de “quebras” de operadoras.
  • Instituir regras e fiscalizar os reajustes dos planos de saúde.
  • Garantir o ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) dos atendimentos
  • prestados pela rede pública aos usuários de planos de saúde privados. ​​​​​​​

Precisa de ajuda?
Fale com nossos consultores.

Envie um whatsapp para

(21) 96595-2590

Dúvidas frequentes

 

Quando eu posso começar a utilizar meu plano de saúde?

O plano poderá ser utilizado a partir do dia indicado expressamente conforme previsto no seu contrato.

 

Como acesso meu boleto para pagamento

Seu boleto é digital e é encaminhado todos os meses para seu e-mail e via SMS no celular cadastrado.

Como seu boleto é registrado, a atualização dos encargos por atraso acontece no momento do pagamento. Ou seja, independentemente da data em que você realiza o pagamento, é possível utilizar o mesmo boleto já recebido no seu e-mail.

Atenção: Para garantir o recebimento é importante manter os dados de contato sempre atualizados.

O boleto também pode ser acessado no Portal do Cliente Supermed.

 

Não estou recebendo meus boletos para pagamento. O que devo fazer?

Seu boleto é digital e é encaminhado todos os meses para seu e-mail e via SMS no celular cadastrado, então caso você não esteja o recebendo siga os seguintes passos:

  • Verifique se os e-mails não estão na caixa Spam ou Lixo Eletrônico de seu serviço de e-mail. As vezes mensagens automáticas são encaminhadas para essas pastas por regras do próprio servidor de e-mail.

Caso isso identifique que esse foi o seu caso, não se esqueça de marcar a opção “Não é Spam” ou incluir o domínio supermed.com.br como um remetente confiável.

  • Certifique que os seus dados de contato estão atualizados junto à Supermed.
  • Se necessário, entre em contato conosco em nossos canais de atendimento.

 

Como acesso a carteirinha do meu plano Golden Cross?

Sua carteirinha é digital e é acessada pelo App Golden Clientes disponível nas lojas Google play Apple Store.

Para o primeiro acesso será necessária a realização de cadastro que pode ser feita diretamente no próprio App Golden Clientes ou no site www.goldencross.com.br .

Para realização do cadastro você precisará do número de sua matrícula que será enviado pela Golden Cross em até 24 horas via SMS no celular a partir da ativação deu seu plano.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a Golden Cross por meio de um dos canais abaixo:

Canais de Atendimento – Golden Cross

(informações ou solicitações sobre seu plano, consultas e exames, autorizações, informações sobre rede, carteirinha e reembolso)

Chat

Fale Conosco

WhatsApp Golden Clientes

Portal Golden Cross

 

Quais os serviços disponíveis no App Golden Cross Clientes?

O App Golden Clientes está disponível nas lojas Google play Apple Store.

Nele você acessa entre outros serviços:

  • busca de rede
  • reembolso (quanto aplicável contrato)
  • acompanhamento de autorizações
  • fale conosco

Quer saber mais sobre o App Golden Clientes? Acesse o vídeo.

 

Quais são os canais de atendimento Golden Cross?

Acesse o vídeo e conheça todos os canais Golden Cross dedicados à utilização de serviços assistenciais do seu plano de saúde.

 

Como consulto a rede de prestadores credenciados no meu plano de saúde Golden Cross?

Você pode consultar a rede de prestadores credenciados Golden Cross no App Golden Clientes ou no Portal Golden Cross na internet.

Clique e saiba mais.

 

Como saber se para informação ou solicitação que busco devo buscar a Operadora do meu plano de saúde ou a Supermed?

Operadora do Plano: Você busca a operadora toda vez que a sua dúvida ou solicitação refere-se à utilização do seu plano de saúde, como por exemplo para questões sobre carteirinha, autorização de consultas, exames ou internações, informações sobre prazos de carência ou cobertura, reembolsos, reajuste, etc.

Supermed: Já a Supermed você procura quando o que você busca são serviços relacionados a pagamento, alteração de dados cadastrais, inclusão ou exclusão de dependentes, cancelamento. Nestes casos você deve buscar os canais de atendimento da Administradora.

 

O que faz uma Administradora de benefícios?

Uma administradora de benefícios é uma empresa que assume parte do trabalho que seria da empresa, conselho, sindicato ou associação profissional que contrata o plano de saúde. Por exemplo, a administradora de benefícios tem a responsabilidade de emitir boletos, de representar os beneficiários na negociação de aumentos de mensalidade com a operadora do plano.

Assim como as operadoras, as administradoras de benefício necessitam de registro junto a Agência Nacional de Saúde Suplementar para operarem no mercado.

 

Qual é diferença entre a Operadora de Saúde a Administradora de benefícios?

Operadora de Saúde: É a responsável pelo relacionado ao plano de saúde, tais como manutenção e informação da rede de prestadores, realização de autorizações de procedimentos tais como consultas, exames e internações, entre outros serviços de natureza assistencial.

Administradora de benefícios: É responsável pela realização de serviços administrativos associados à gestão do contrato do plano coletivo por adesão, prestando serviços tais como cadastramento de novos beneficiários, inclusão e exclusão de dependentes, emissão de boletos, além de assessorar as entidades na gestão do contrato para questões de natureza não assistenciais.

 

O que é e como funciona o plano coletivo por adesão?

O plano de saúde coletivo por adesão é uma modalidade de plano coletivo, aquele voltado para associações, sindicatos, cooperativas e demais pessoas jurídicas que reúnam pessoas de uma mesma categoria profissional, classista ou setorial.

A pessoa jurídica contrata o plano de saúde junto à operadora, para assistência à saúde de seus associados e/ou cooperados.

Neste tipo de contrato,  o papel da administradora de benefícios, a exemplo da Supermed é realizar serviços administrativos associados à gestão do contrato do plano, prestando serviços tais como cadastramento de novos beneficiários, inclusão e exclusão de dependentes, emissão de boletos, além de assessorar as entidades na gestão do contrato para questões de natureza não assistenciais.

 

Quando acontece o reajuste no plano coletivo por adesão?

Os planos de saúde podem receber dois tipos de reajustes: faixa etária e o anual.

O reajuste de faixa etária acontece a cada vez que o beneficiário muda de idade, conforme os grupos de faixa etária previstos no contrato. Essa regra é comum a todos os contratos de plano de saúde, independentemente de se tratar de planos coletivos ou individuais.

O reajuste anual de aniversário acontece todos os anos sempre na data assinatura do contrato assinado pela entidade, ou seja, este reajuste aplica-se a todos os beneficiários do grupo exatamente no mesmo período, independentemente de quando tenha acontecido a adesão pelo beneficiário.

 

O que é carência?

A carência é o período que o beneficiário deve aguardar para começar a utilizar os procedimentos previstos nos planos de saúde. Os prazos máximos são estabelecidos pela ANS, porém podem ser reduzidos de forma promocional na ocasião da adesão do beneficiário.

Os prazos aplicados ao seu plano encontram-se dispostos de forma expressa na cópia de sua proposta.

 

O que é cobertura parcial temporária (CPT)?

Cobertura Parcial Temporária (CPT) é um período em que o beneficiário pode ter uma restrição da cobertura de procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia e eventos cirúrgicos relacionados às doenças pré-existentes, ou seja, que o beneficiário já portava antes de ingressar no plano de saúde.

Assim como no caso da carência, a CPT é prevista nas normas que regulam o setor de plano de saúde e possuem o propósito de assegurar a sustentabilidade do setor.

Importante: essa restrição afeta os procedimentos e exames de alta complexidade e eventos cirúrgicos. Os atendimentos relacionados a consultas e procedimentos que não sejam enquadrados como alta complexidade não são afetados por essa restrição, assim como os procedimentos decorrentes de atendimentos caracterizados como de urgência e emergência.

 

Qual a diferença entre carência e cobertura parcial temporária (CPT)?

A operadora de plano de assistência à saúde está obrigada a dar cobertura a todos os procedimentos previstos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, de acordo com a segmentação contratada, desde que cumpridos os prazos de carência. Isso vale para qualquer beneficiário.

Nos casos de cobertura parcial temporária (CPT), o que acontece é uma restrição temporária de cobertura, para os Procedimentos de Alta Complexidade e cirúrgicos relacionados a doenças preexistentes à adesão ao plano de saúde.

Ou seja, a carência se aplica a todos os contratos, entretanto a CPT só ocorre nas hipóteses em que o beneficiário seja portador de uma doença ou lesão adquirida anteriormente à adesão ao plano de saúde.

 

Quem monitora as operadoras e administradoras de benefícios?

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão de regulação, normatização, controle e fiscalização do setor de planos de saúde no Brasil.

É papel da ANS, entre outros:

  • Regular a assistência ao consumidor de planos de saúde (cobertura, rede credenciada, condições contratuais, indicadores de qualidade etc.).
  • Estabelecer regras de sustentabilidade financeira das empresas de planos de saúde e impedimento de “quebras” de operadoras.
  • Instituir regras e fiscalizar os reajustes dos planos de saúde.
  • Garantir o ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) dos atendimentos
  • prestados pela rede pública aos usuários de planos de saúde privados. ​​​​​​​

Precisa de ajuda?
Fale com nossos consultores.

Envie um whatsapp para

(21) 96595-2590

Dúvidas frequentes

 

Quando eu posso começar a utilizar meu plano de saúde?

O plano poderá ser utilizado a partir do dia indicado expressamente conforme previsto no seu contrato.

 

Como acesso meu boleto para pagamento

Seu boleto é digital e é encaminhado todos os meses para seu e-mail e via SMS no celular cadastrado.

Como seu boleto é registrado, a atualização dos encargos por atraso acontece no momento do pagamento. Ou seja, independentemente da data em que você realiza o pagamento, é possível utilizar o mesmo boleto já recebido no seu e-mail.

Atenção: Para garantir o recebimento é importante manter os dados de contato sempre atualizados.

O boleto também pode ser acessado no Portal do Cliente Supermed.

 

Não estou recebendo meus boletos para pagamento. O que devo fazer?

Seu boleto é digital e é encaminhado todos os meses para seu e-mail e via SMS no celular cadastrado, então caso você não esteja o recebendo siga os seguintes passos:

  • Verifique se os e-mails não estão na caixa Spam ou Lixo Eletrônico de seu serviço de e-mail. As vezes mensagens automáticas são encaminhadas para essas pastas por regras do próprio servidor de e-mail.

Caso isso identifique que esse foi o seu caso, não se esqueça de marcar a opção “Não é Spam” ou incluir o domínio supermed.com.br como um remetente confiável.

  • Certifique que os seus dados de contato estão atualizados junto à Supermed.
  • Se necessário, entre em contato conosco em nossos canais de atendimento.

 

Como acesso a carteirinha do meu plano Golden Cross?

Sua carteirinha é digital e é acessada pelo App Golden Clientes disponível nas lojas Google play Apple Store.

Para o primeiro acesso será necessária a realização de cadastro que pode ser feita diretamente no próprio App Golden Clientes ou no site www.goldencross.com.br .

Para realização do cadastro você precisará do número de sua matrícula que será enviado pela Golden Cross em até 24 horas via SMS no celular a partir da ativação deu seu plano.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato com a Golden Cross por meio de um dos canais abaixo:

Canais de Atendimento – Golden Cross

(informações ou solicitações sobre seu plano, consultas e exames, autorizações, informações sobre rede, carteirinha e reembolso)

Chat

Fale Conosco

WhatsApp Golden Clientes

Portal Golden Cross

 

Quais os serviços disponíveis no App Golden Cross Clientes?

O App Golden Clientes está disponível nas lojas Google play Apple Store.

Nele você acessa entre outros serviços:

  • busca de rede
  • reembolso (quanto aplicável contrato)
  • acompanhamento de autorizações
  • fale conosco

Quer saber mais sobre o App Golden Clientes? Acesse o vídeo.

 

Quais são os canais de atendimento Golden Cross?

Acesse o vídeo e conheça todos os canais Golden Cross dedicados à utilização de serviços assistenciais do seu plano de saúde.

 

Como consulto a rede de prestadores credenciados no meu plano de saúde Golden Cross?

Você pode consultar a rede de prestadores credenciados Golden Cross no App Golden Clientes ou no Portal Golden Cross na internet.

Clique e saiba mais.

 

Como saber se para informação ou solicitação que busco devo buscar a Operadora do meu plano de saúde ou a Supermed?

Operadora do Plano: Você busca a operadora toda vez que a sua dúvida ou solicitação refere-se à utilização do seu plano de saúde, como por exemplo para questões sobre carteirinha, autorização de consultas, exames ou internações, informações sobre prazos de carência ou cobertura, reembolsos, reajuste, etc.

Supermed: Já a Supermed você procura quando o que você busca são serviços relacionados a pagamento, alteração de dados cadastrais, inclusão ou exclusão de dependentes, cancelamento. Nestes casos você deve buscar os canais de atendimento da Administradora.

 

O que faz uma Administradora de benefícios?

Uma administradora de benefícios é uma empresa que assume parte do trabalho que seria da empresa, conselho, sindicato ou associação profissional que contrata o plano de saúde. Por exemplo, a administradora de benefícios tem a responsabilidade de emitir boletos, de representar os beneficiários na negociação de aumentos de mensalidade com a operadora do plano.

Assim como as operadoras, as administradoras de benefício necessitam de registro junto a Agência Nacional de Saúde Suplementar para operarem no mercado.

 

Qual é diferença entre a Operadora de Saúde a Administradora de benefícios?

Operadora de Saúde: É a responsável pelo relacionado ao plano de saúde, tais como manutenção e informação da rede de prestadores, realização de autorizações de procedimentos tais como consultas, exames e internações, entre outros serviços de natureza assistencial.

Administradora de benefícios: É responsável pela realização de serviços administrativos associados à gestão do contrato do plano coletivo por adesão, prestando serviços tais como cadastramento de novos beneficiários, inclusão e exclusão de dependentes, emissão de boletos, além de assessorar as entidades na gestão do contrato para questões de natureza não assistenciais.

 

O que é e como funciona o plano coletivo por adesão?

O plano de saúde coletivo por adesão é uma modalidade de plano coletivo, aquele voltado para associações, sindicatos, cooperativas e demais pessoas jurídicas que reúnam pessoas de uma mesma categoria profissional, classista ou setorial.

A pessoa jurídica contrata o plano de saúde junto à operadora, para assistência à saúde de seus associados e/ou cooperados.

Neste tipo de contrato,  o papel da administradora de benefícios, a exemplo da Supermed é realizar serviços administrativos associados à gestão do contrato do plano, prestando serviços tais como cadastramento de novos beneficiários, inclusão e exclusão de dependentes, emissão de boletos, além de assessorar as entidades na gestão do contrato para questões de natureza não assistenciais.

 

Quando acontece o reajuste no plano coletivo por adesão?

Os planos de saúde podem receber dois tipos de reajustes: faixa etária e o anual.

O reajuste de faixa etária acontece a cada vez que o beneficiário muda de idade, conforme os grupos de faixa etária previstos no contrato. Essa regra é comum a todos os contratos de plano de saúde, independentemente de se tratar de planos coletivos ou individuais.

O reajuste anual de aniversário acontece todos os anos sempre na data assinatura do contrato assinado pela entidade, ou seja, este reajuste aplica-se a todos os beneficiários do grupo exatamente no mesmo período, independentemente de quando tenha acontecido a adesão pelo beneficiário.

 

O que é carência?

A carência é o período que o beneficiário deve aguardar para começar a utilizar os procedimentos previstos nos planos de saúde. Os prazos máximos são estabelecidos pela ANS, porém podem ser reduzidos de forma promocional na ocasião da adesão do beneficiário.

Os prazos aplicados ao seu plano encontram-se dispostos de forma expressa na cópia de sua proposta.

 

O que é cobertura parcial temporária (CPT)?

Cobertura Parcial Temporária (CPT) é um período em que o beneficiário pode ter uma restrição da cobertura de procedimentos de alta complexidade, leitos de alta tecnologia e eventos cirúrgicos relacionados às doenças pré-existentes, ou seja, que o beneficiário já portava antes de ingressar no plano de saúde.

Assim como no caso da carência, a CPT é prevista nas normas que regulam o setor de plano de saúde e possuem o propósito de assegurar a sustentabilidade do setor.

Importante: essa restrição afeta os procedimentos e exames de alta complexidade e eventos cirúrgicos. Os atendimentos relacionados a consultas e procedimentos que não sejam enquadrados como alta complexidade não são afetados por essa restrição, assim como os procedimentos decorrentes de atendimentos caracterizados como de urgência e emergência.

 

Qual a diferença entre carência e cobertura parcial temporária (CPT)?

A operadora de plano de assistência à saúde está obrigada a dar cobertura a todos os procedimentos previstos no Rol de Procedimentos e Eventos em Saúde, de acordo com a segmentação contratada, desde que cumpridos os prazos de carência. Isso vale para qualquer beneficiário.

Nos casos de cobertura parcial temporária (CPT), o que acontece é uma restrição temporária de cobertura, para os Procedimentos de Alta Complexidade e cirúrgicos relacionados a doenças preexistentes à adesão ao plano de saúde.

Ou seja, a carência se aplica a todos os contratos, entretanto a CPT só ocorre nas hipóteses em que o beneficiário seja portador de uma doença ou lesão adquirida anteriormente à adesão ao plano de saúde.

 

Quem monitora as operadoras e administradoras de benefícios?

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) é o órgão de regulação, normatização, controle e fiscalização do setor de planos de saúde no Brasil.

É papel da ANS, entre outros:

  • Regular a assistência ao consumidor de planos de saúde (cobertura, rede credenciada, condições contratuais, indicadores de qualidade etc.).
  • Estabelecer regras de sustentabilidade financeira das empresas de planos de saúde e impedimento de “quebras” de operadoras.
  • Instituir regras e fiscalizar os reajustes dos planos de saúde.
  • Garantir o ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS) dos atendimentos
  • prestados pela rede pública aos usuários de planos de saúde privados. ​​​​​​​

Precisa de ajuda? Fale com nossos consultores.

Envie um whatsapp para

(21) 96595-2590